Convertendo um jogo escrito em Basic para Python - Parte III

Nesta terceira parte, temos os seguintes objetivos: Limpar as classes Vários aviões Múltiplos tiros. Generalizar os objetos do jogo em uma super classe Exibir um placar Atribuir teclas para atirar e jogar de novo ou sair Na versão da Parte II, as classes tem muito código repetido. Analisando cada uma delas, podemos chegar a conclusão de um comportamento comum quanto a forma de desenhar e atualizar os objetos.
Ler mais →

Convertendo um jogo escrito em Basic para Python - Parte II

Neste segundo post, vamos melhorar nosso jogo. Embora a nova versão rode em Python, ainda está muito anos 80. A primeira coisa a corrigir é a animação. Como estamos usando um sistema de coordenadas de 280 por 192 pontos para simular as coordenadas do Apple, multiplicamos cada coordenada por 4 na hora de desenhar. Para deixar parecido com o Apple, eu reduzi o número de frames a 8 frames por segundo.
Ler mais →

Convertendo um jogo escrito em Basic para Python - Parte I

A nostalgia dos computadores da década de 80 é algo que nunca parei de ter. Quando criança, tive a sorte de utilzar vários computadores de 8-bits, como ZX-81, ZX-Spectrum, Apple II e MSX, ou melhor, seus clones nacionais (TK-85, TK-90X, TK2000), uma vez que o Brasil vivia a época da Reserva do Mercado de Informática. Numa época que não havia Internet, nós passávamos o tempo a digitar programas. Uma série de livros sobre programação de jogos foi editada pela editora Lutécia no Brasil, mas os originais americanos foram liberados pela Usborne.
Ler mais →