Hoje é dia do trabalho e resolvi escrever um pouco sobre uma profissão que tem sido descaracterizada nos últimos tempos. Eu programo computadores profissionalmente, sou um desenvolvedor, analista de sistemas, arquiteto de software, mas sempre um programador. Quando estava estudando, o termo programador tinha muito pouco prestígio. Era normalmente usado com a conotação da pessoa com pouca instrução ou sem nível superior que fazia apenas o que era mandada. Nesta época, os analistas de sistemas eram reis e apenas desenhavam os sistemas.